Plataformas de Desenvolvimento Sem Código Fonte

Atualmente várias formas de criação de sites estão no mercado. Basta ir a um web designer para sermos soterrados com a quantidade de informações, bem como a quantidade soluções diferentes que vão ser apresentadas. Desde plataformas que não exigem conhecimento nenhum de programação, como por exemplo o tadabase.io até sistemas como o Oracle ou o Java, em que a necessidade do conhecimento prévio é maior ou até mesmo fundamental.

Dessa forma, a escolha de um sistema mais complicado e de difícil manipulação como os já citados Oracle e Java, ou outros como MySQL, Mondo e PostgreSQL pode parecer não ser vantajosa se comparada a sites com menor exigência de programação. No entanto, sites com exigência baixa ou nula de conhecimento prévio não têm a versatilidade de soluções de plataformas bem escritas.

O que acaba por acontecer com sites como o tadabase,io é um afunilamento de problemas em soluções que não foram desenvolvidas para lidar com as especificidades de cada situação.

Mas existem boas plataformas

Já uma plataforma bem desenvolvida que esteja sendo bem cuidada por um programador pode sempre ser revista e adaptada sem comprometer a estrutura geral do programa ou criar mais camadas de componentes o que faria com que o sistema como um todo fique cada vez menos responsivo, em outras palavras, mais lento.

Isso acontece porque plataformas com pouca exigência de programação funcionam com um formato de programação como se fossem blocos pré-moldados. As soluções existem, mas os blocos vão se empilhando sem muita integração entre as partes. E assim que esses tipos de programação ficam menos responsivas, pois cada bloco tem de ser processado individualmente, então quanto mais blocos mais processamento. Já um site bem desenvolvido normalmente está bem integrado, e dessa forma poucos processos serão iniciados o que fará com que as respostas tanto do servidor como do sistemas sejam mais ágeis.